Resenha Pessoal – O Ódio.

Á pessoa que inventou o amor próprio: eu te odeio.

Mas imagino que isso não faça diferença, afinal, não deves ligar.

Porém deixe eu lhe falar: eu ligo, e até demais. E me odeio por isso. E por infinitas outras coisas.  Eu me odeio por ser ansiosa, me odeio por não saber desenhar e me odeio por ter um absurdo medo de tudo. Me odeio por considerar o amor próprio uma fantasia, e portanto, classificar todos que o tem como diferentes de mim, pessoas que simplesmente não entendo nem gostaria de entender. Quase um preconceito.

Entretanto, não quero a tua pena. Não quero nenhuma mão na minha costa, durante meus ataques de fúria, dizendo que todos têm limitações. Eu sei disso.  Aceito isso. Mas odeio minhas limitações, por todas parecerem tão estúpidas. (E são)

É tão fácil falar de amor próprio quando se sente amado.  Quando existe uma figura ao lado da tua quando acordas de manhã, quando alguém que tu consideras extraordinário e ao mesmo tempo tão mundano está ali para dizer que consegues.

Mas a solidão é subestimada. Ela é aquele demônio que fica no teu ombro esquerdo,  rindo de ti, fazendo tu afundares cada vez mais na tua própria cova de insignificância. Do lado direito, o medo, botando figuras em cantos escuros: seja aqueles que teus olhos contemplam, seja nos da tua mente.

Além disso, existe um terceiro – que dependendo da situação pode ser um demônio. Ele é tolo como eu. Estúpido. Jura saber das coisas. A esperança sussurra pra mim que talvez dessa vez eu consiga desenhar algo além de um amontoado de rabiscos disformes. Que talvez dessa vez eu vá me sentir confortável em um lugar, que dessa vez pode ser diferente e a minha ansiedade não vá atrapalhar tudo.  Mas é óbvio que não.

Como vou encontrar esse tal amor próprio quando tudo que consigo ver, ouvir e sentir é tudo aquilo de oposto a ele?

A minha figura é sozinha.

A minha felicidade é uma fantasia.

O meu alimento é a tragédia.

O meu reflexo é o nojo.

Patética.

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha Pessoal – O Ódio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s